Carregadores Estacionaciorios e Retificadores 

        Os Retficadores e Carregadores de Baterias Estacionárias Dieletro - MOD: DI.BE - foram projetados especificamente para cargas em baterias estacionárias, sendo totalmente estático e utilizando somente componentes do tipo industrial, assegurando total confiabilidade.

Utilizado para alimentação de corrente contínua, iluminação de emergência, substações elétricas, no-break, plataformas de petróleo e etc.

Retificador Estático regulado a SCR em ponte controlada.

Nas capacidades de 10 a 1200 AMP (Trifásico) ou 10 a 50 AMP (Monofásico).

Características elétricas de Saída:

 

Tensão nominal: 48, 60, 10, 125, 250 VCC

Corrente nominal: 10 à 1200 ACC

Tensão de flutuação: VCC, faixa de ajuste +/- 10%

Tensão de carga: VCC, faixa de ajuste +/- 10%

Regulação estática: +/- 1% para variação na tensão de entrada de +/- 15%,

variação de carga de 10 a 100% de In e variação de frequência de +/- 5%.

Regulação dinâmica: Menor ou igual 150 ms. Tempo em que o desvio da tensão de saída ultrapassa 2% do valor correspondente à situação estática, para variações bruscas da carga entre 50% e 100% do valor nominal ou degrau da tensão de entrada de 5%, medido em condições de carga resistiva sem bateria em paralelo.

Tensão de Ondulação (Ripple): Menor ou igual a 2% (RMS) da tensão com bateria conectada.

 

lsolação: Medido com megger de 500 V. obtém-se as impedâncias:
Maior ou igual a 5Mohms, entre a saída de CC e a massa.
Maior ou igual a 50Mohms, entre a entrada de CA e a massa.
Maior ou igual a 5Mohms, entre a entrada de CA e a saída de CC

 

Rigidez dielétrica: Não ocorre efeitos anormais, quando se aplica, durante um minuto, as tensões de normas:
Entre a saída de CC e a massa
Entre a entrada de CA e a massa.
Entre a entrada de CA e a saída CC.

 

Comandos manuais:
- Botão liga/desliga.
- Chave manual automático.
- Chave flutuação/recarga.
- Chave seletora para voltímetro CA, permitindo a leitura entre as fases CA.
- Chave seletora permitindo a leitura da corrente nas três fases.
- Chave seletora para voltimetro CC, permitindo a leitura no retificador ou consumidor.
- Botoeira para teste de lâmpadas.
- Disjuntor para energização geral.
- Amperímetro central para leitura da carga ou descarga da bateria.

 

Unidade de Diodos de Queda: A unidade de diodos de queda opcional, com comando automático afim que a tensão no consumidor não ultrapasse a tensão máxima determinada durante o regime de cargas das baterias.

Opções: Aceitamos três valores para sistema de redução da tensão de recarga para consumidor:
A) 5% do valor da tensão de recara.
B) 7% do valor da tensão de recarga.
C) 10% do valor da tensão de recarga.

 

Proteções:
- Disjuntor termo magnético para alimentação geral.
- Relé falta de fase.
- Relé subtensão CA.
- Relé sobre tensão CA.
- Circuito RC nos semicondutores.
- Fusível de comando.
- Fusível na saída do retificador.
- Fusível na saída do consumidor.
- Limite de corrente eletrônica na saída do retificador.
- Relé de sobre tensão CC.
- Relé de sub tensão CC.

 

Sinalizações Visuais:
- Equipamento ligado.
- Equipamento em flutuação.
- Equipamento em carga.
- Equipamento manual.
- Equipamento automático.
- Equipamento CA normal.
- Equipamento sobre tensão CC.
- Equipamento sub tensão CC.
- Fuga à terra (+)
- Fuga à terra (-).

Circuito supervisão:
- Sensor falta fase.
- Sensor sub tensão CA.
- Sensor sobre tensão CA.
- Sensor sobre tensão CC.
- Sensor sub tensão CC.
- Sensor carga automática.

Telesinalizações (Contatos secos):
- Tensão CA anormal.
- Sobre tensão CC consumidor.
- Sub tensão CC consumidor.

Instrumentos Analógicos (96 x 96):
- Voltímetro CA para leitura de tensão entre as fases CA.
- Amperímetro CA para leitura de corrente nas três fases CA.
- Voltímetro CC para leitura da tensão de saída do retificador e na saída do consumidor.
- Amperímetro na saída CC para leitura de corrente da carga ou descarga da bateria.

Características elétricas de entrada:

 

Tensão de entrada:
- 220VCA Trifásico Monofásico
- 380 VCA Trifásico
- 440 VCA Trifásico
- 127VCA Monofásico

Variação admissível na tensão de entrada: +/- 15%

Freqüência: 60Hz +/- 5%     e    50Hz +/- 5%

Fator de potência: 0,85 para condições de tensão de entrada nominal, e corrente de tensão de carga nominal.

Rendimento: 85% para condições nominais de tensão de entrada, e tensão/corrente de saída.

 

 

CONDUTORES

 

A fiação é completamente montada na fábrica e os condutores não tem quaisquer emendas ou junções. A fiação é feita com fio de cobre, com isolamento de PVC para 600V, não propagador de chamas, próprio para fiação em painéis e para uso em ambiente tropical.

A secção dos condutores é tal que a corrente transportada não ultrapassa a 800/0 da sua capacidade nominal.
Nos circuitos de potência e não ultrapasse 4 AMP/mm2,nos circuitos auxiliares.
Todos os condutores são providos de terminais apropriados para conexões dos blocos de terminais e circuitos auxiliares.

 

 

IDENTI FICAÇÃO DOS COMPONENTES

 

A identificação e descrição de funções dos componentes montados no painel frontal é feita em etiqueta de acrílico monografado.
Identificação dos componentes internos é feira através de etiqueta de acrílico monografado.

 

 

ACESSÓRIOS/OPCIONAIS

 

  • voltímetro e amperímetro CA e CC digitais 41/2 dígitos
  • disjuntor na saída retificador
  • disjuntor na saída consumidor
  • unidade de diodos de queda
  • pintura especial conforme cliente
  • iluminação interna por micro~switch na porta
  • resistor de aquecimento controlado para termostato
  • tomada 220V interna +/- 1000VA + disjuntor + transformador

 

 

ALARME SONORO


- tensão CA anormal
- sobre tensão cc consumidor
- sub tensão cc consumidor

 

 

SOBRESSALENTES


1 PCI 7006 - (controle/disparo).
1 PCI 4002 - (disparo).
2 PCI 3008 - (supervisão).
2 PCI 3013 - (aut. carga -flut.manual) (diodo de queda aut)
1 PCI DI (Fonte CC - comando).
2 fusível de entrada
2 fusível de comando

 

 

GABINETE

Estrutura construída em chapa de bitola 12USG, com alça de içamento e furação para fixação dos suportes e bandejas de montagem através de parafusos.

 

Porta construída em chapa de bitola 14USG, dotada de maçaneta, possibilitando o acesso a todos os componentes.

 

Tampas laterais e traseiras construídas em chapa de bitola 14USG e fixadas através de parafusos.

 

Grau de proteção IP 20 à IP 54.

 

As superfícies sofrem tratamento de fosfarização a quente, desengraxamento, desoxidação ácida.

 

O processo de pintura é eletrostárico, na cor de acabamento Cinza Munsell N 6,5 ou Rall 7032.

TABELA ESTACIONARIO.png